GUIA DE COMPRA DE IMÓVE - A conquista do seu imóvel começa aqui !

A CONQUISTA DO SEU IMÓVEL COMEÇA AQUI!

Acompanhe neste blog tudo que acontece no mercado imobiliário da Cidade do Rio de Janeiro e do País.

Nosso objetivo é informar ao público sobre tudo que está acontecendo no mercado imobiliário do país, publicando posts e reproduzindo matérias publicadas em outros veículos que possam ser do interesse das pessoas envolvidas na compra, venda e intermediação de imóveis. Escolha o assunto do seu interesse e pesquise no gadget do lado direito.

Acesse www.imovelSA.net e conheça a nossa galeria de imóveis em lançamento, em construção, prontos e usados. Aproveite também para simular na CAIXA e nos principais Bancos, o valor da prestação do seu financiamento imobiliário.


Pessoa física pode emitir ou gerar boleto? Como?


Vamos começar dando a boa notícia: pessoa física pode emitir boleto. Essa emissão pode ser feita tanto através de uma instituição financeira quanto por intermediadores de pagamentos online, tais como o PagSeguro, MercadoPago, PayPal, entre outros. Existem cuidados que as pessoas físicas devem tomar também ao emitir boletos em seus nomes, mas vamos chegar nesse ponto ainda.

O WhatsApp está prestes a receber uma nova leva de recursos. Depois dos bastante aguardados “apagar para todos” e o compartilhamento d...


Pessoa física pode emitir boleto bancário: pelo banco ou instituição financeira
Para emitir boletos por um banco ou instituição financeira, provavelmente para receber pagamentos, a pessoa física primeiramente precisará ter uma conta corrente em seu nome. E em segundo lugar, precisará de um serviço dessas instituições financeiras denominado carteira de cobranças.
Tal serviço é contratado junto ao banco para gerar boletos bancários. Através dele, são geradas as identificações de pagamentos e estes são creditados diretamente na sua conta bancária.
Para contratar uma carteira de cobrança com seu banco, basta conversar com seu gerente e explicar que você quer passar a emitir boletos. É simples, rápido, e super prático. Vale lembrar, contudo, que esse serviço terá um custo, mas de acordo com seu relacionamento com o banco, pode ser bem barato, ou o banco pode cobrar apenas pelos boletos emitidos.
Pessoa física pode emitir boleto de cobrança: meios de pagamento online
Usando meios de pagamento online, tais como o MercadoPago, PagSeguro, PayPal, é possível que uma pessoa física possa emitir boletos bancários de cobrança. Nesse caso, os boletos geralmente saem em nome dos intermediários do pagamento (isto é, as empresas que estão intermediando o pagamento), e não no nome da Pessoa Física. Mas é uma forma rápida, prática, e que geralmente tem custos muito baixos para quem está realizando a transação (geralmente uma porcentagem sobre a venda). Com a competição entre as soluções de pagamento online, muitas das soluções tem ficado até mais barato do que a emissão de boletos por bancos e instituições financeiras.
Para utilizar esses serviços para emitir boletos como pessoa física, você precisa se cadastrar no site, e ter uma conta verificada. Isso significa ter uma conta que verifique seu endereço e seus dados pessoais. De qualquer forma, é preciso também ter uma conta corrente, para que o dinheiro possa ser transferido para sua conta. Faça o cadastro, registre seu endereço, entre com os dados da sua conta corrente, e aguarde para poder passar a emitir os boletos. É bem simples, e os sites tem um passo a passo completo do processo.

Pela oitava vez seguida, o Banco Central (BC) baixou os juros básicos da economia.  Entidades e trabalhadores se manifestaram sobre ..


Cuidado com sites que prometem emitir boletos de cobrança em nome de pessoa física!
Além de ser difícil saber se é um site confiável ou não, os sites que prometem emitir um boleto em nome de pessoa física podem usar suas informações para aplicar golpes. Quando os sites são confiáveis, eles simplesmente geram custos extras porque são intermediários entre você e o banco ou entre você e o serviço de pagamento online, cobrando por isso e gerando mais um custo para quem quer emitir um boleto de cobrança. É melhor cortar o intermediário e reduzir os riscos, além de reduzir também os custos.
Ficou ainda alguma dúvida? Deixe nos comentários suas perguntas, pois estamos aqui para respondê-las!

SOHO um lugar com alma de artista. Um polo de cultura e entretenimento com uma grande diversidade de ambientes internos e externos para você nem precisar sair para se divertir e respirar cultura e arte.  Saiba mais... 
ESCLAREÇA TODAS AS SUAS DÚVIDAS EM UM SÓ LUGAR. Consulte o GUIA DE COMPRA DE IMÓVEIS

Veja a repercussão sobre o corte da taxa Selic


Pela oitava vez seguida, o Banco Central (BC) baixou os juros básicos da economia. 

Entidades e trabalhadores se manifestaram sobre o corte da taxa Selic em 1 ponto percentual, de 9,25% ao ano para 8,25% ao ano


Por unanimidade, o Comitê de Política Monetária (Copom) reduziu hoje (6) a taxa Selic em 1 ponto percentual, de 9,25% ao ano para 8,25% ao ano.
A decisão era esperada pelos analistas financeiros Com a redução de hoje, a Selic chega ao menor nível desde outubro de 2013, quando estava em 9% ao ano.
Entidades representantivas dos empresários e trabalhadores se manifestaram sobre o corte.
A confiança da construção do Brasil apresentou avanço em novembro pelo sexto mês seguido diante da melhora da percepção sobre a certeira de...



Veja repercussão sobre queda da Selic:

CNI

Para a CNI, a decisão do Banco Central de reduzir os juros básicos da economia ajudará a recuperar a produção e o consumo, porém a manutenção dos juros baixos por muito tempo depende da aprovação de reformas como a da Previdência Social.
“A redução dos juros é essencial para a recuperação das condições financeiras, tanto das empresas quanto dos consumidores, e para impulsionar a retomada da economia”, informou o presidente da CNI, Robson Braga de Andrade, em comunicado.
A confederação, no entanto, pede avanços concretos nas reformas estruturais em tramitação no Congresso, especialmente a da Previdência Social.
“Esses avanços vão possibilitar a retomada do equilíbrio fiscal de forma a permitir a concretização de uma trajetória sustentável da dívida pública”, concluiu o presidente da CNI.
Sozinhos somos fracos. Juntos somos fortes, muito fortes. Clique na imagem para conhecer o  IN TEGRA A inovação é o combustível


SPC

O Serviço de Proteção ao Crédito – SPC Brasil – elogiou a redução dos juros básicos. Para a entidade, o fato de as taxas básicas estarem no nível mais baixo em quatro anos facilitará a retomada da economia brasileira. A entidade, no entanto, avaliou que o ciclo de corte dos juros está perto do fim.
“Com o corte atual, os juros se aproximam do mínimo histórico de 7,25% [ao ano] entre o final de 2012 e o início de 2013. A autoridade monetária tem inclusive espaço para atingir este patamar ou chegar muito próximo dele”, destacou o SPC Brasil.
Está difícil para vender seu imóvel?  Estes detalhes podem fazer toda a diferença para fechar o negócio Se você está tentando ve.


Fiesp

O presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, considerou insuficiente o corte de apenas um ponto percentual da taxa básica de juros, a Selic.
Para Skaf, o corte da taxa deveria ter sido maior. “Com previsão de inflação de 3,31% no fim deste ano, sem dúvida há espaço para cortes mais incisivos da Selic”, disse, em nota.
“A retomada da economia começa a se desenhar, mas ainda de maneira muito lenta. O Brasil tem pressa. Os 13 milhões de brasileiros desempregados não podem esperar mais. Está na queda mais rápida da Selic a chave para acelerar o crescimento e a retomada do emprego”.

Associação Comercial de São Paulo

O presidente da Associação Comercial de São Paulo, Alencar Burti, disse esperar por cortes maiores na taxa.
“É uma decisão alinhada com o que o mercado esperava e que se justifica plenamente, considerando que a inflação em 12 meses, divulgada hoje, está abaixo inclusive do limite inferior da meta. Espera-se, contudo, que haja continuidade nos cortes nas duas próximas reuniões do comitê neste ano”, disse Burti.

Força Sindical

Por meio de nota, a Força Sindical criticou a queda da Selic não ter sido maior.
“O Copom (Comitê de Política Monetária) precisa deixar o conservadorismo de lado, ousar e levar os juros a patamares que facilitem a retomada do crescimento econômico. Defendemos também a implementação de outras políticas que priorizem a retomada do investimento, o crescimento da economia, a geração de empregos, a redução da desigualdade social, o combate à pobreza e a distribuição de renda”, diz a nota, assinada pelo presidente da entidade, Paulo Pereira da Silva, e pelo secretário-geral da Força, João Carlos Gonçalves, o Juruna.

Firjan

Para a Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), a decisão do Banco Central é coerente com o cenário econômico, mas “ainda é grande a ociosidade no parque fabril e no mercado de trabalho, em que pese o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) nos dois últimos trimestres. O grande desafio do Brasil é justamente voltar a crescer com inflação e juros baixos. E isso só será possível com o equilíbrio das contas públicas”.

Imagine como seria ter 1 hora a mais no seu dia para fazer o que quiser. 

Union Home é um novo conceito de moradia, representando uma nova forma de viver que antes não existia.
Com arquitetura variada e espaços adequados para todo tipo de família, o Union Home é mais harmonia e menos stress para sua vida. É sua chance de morar junto a toda uma estrutura mais de 20 itens de lazer e mais de 40 lojas de  serviços e conveniências para a sua comodidade. Esta é uma escolha que pode render valiosos momentos de prazer com a sua família.
Nada como viver em um lugar onde o conforto, o lazer e o bem-estar fazem parte do seu estilo de vida. Saiba mais....
ESCLAREÇA TODAS AS SUAS DÚVIDAS EM UM SÓ LUGAR. Consulte o GUIA DE COMPRA DE IMÓVEIS

Após filas pelo mundo, iPhone X chega ao Brasil

Custando a partir de R$ 7 mil, o iPhone X no Brasil é o mais caro do mundo


IPHONE X EM LOJA DA APPLE: APARELHO ELIMINA O BOTÃO CENTRAL (FOTO: ANDY RAIN/EFE)


O iPhone X, que comemora os dez anos do lançamento da primeira versão do smartphone da Apple, chega nesta sexta-feira, 8, ao Brasil. Os preços começam em R$ 7 mil - para o modelo de 64 GB - e sobem para R$ 7,8 mil, na versão de
256 GB.O valor alto fez o Brasil voltar a ter o título do iPhone X mais caro do mundo. Nos EUA, o modelo mais simples do iPhone X custa US$ 999. O aparelho foi lançado no dia 3 de novembro. O iPhone X atraiu uma multidão de fãs para a porta das lojas. O motivo principal é o novo design do dispositivo, com "tela infinita", que torna o aparelho quase sem bordas.



O WhatsApp está prestes a receber uma nova leva de recursos. Depois dos.. 

Além disso, as câmeras e a tecnologia de reconhecimento facial são pontos fortes do novo modelo (veja gráfico ao lado). O iPhone X tem preço bem maior do que seus concorrentes diretos - o Galaxy Note 8, da coreana Samsung, por exemplo, é vendido a partir de R$ 4,4 mil no País. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Imagine como seria ter 1 hora a mais no seu dia para fazer o que quiser. 

Union Home é um novo conceito de moradia, representando uma nova forma de viver que antes não existia.
Com arquitetura variada e espaços adequados para todo tipo de família, o Union Home é mais harmonia e menos stress para sua vida. É sua chance de morar junto a toda uma estrutura mais de 20 itens de lazer e mais de 40 lojas de  serviços e conveniências para a sua comodidade. Esta é uma escolha que pode render valiosos momentos de prazer com a sua família.
Nada como viver em um lugar onde o conforto, o lazer e o bem-estar fazem parte do seu estilo de vida. Saiba mais....
ESCLAREÇA TODAS AS SUAS DÚVIDAS EM UM SÓ LUGAR. Consulte o GUIA DE COMPRA DE IMÓVEIS

Veja 5 recursos que estão prestes a chegar ao WhatsApp


O WhatsApp está prestes a receber uma nova leva de recursos. Depois dos bastante aguardados “apagar para todos” e o compartilhamento de localização em tempo real, o aplicativo tem alguns novos recursos que estão sendo cozinhados pela empresa, com indícios escondidos nas últimas atualizações do app.
As funções foram encontradas pelo site WABetaInfo, que se especializou em hackear cada atualização do app atrás de pistas sobre recursos que estão por vir. A página descobriu o recurso de apagar a mensagem para todos os membros de uma conversa vários meses antes de se tornar oficial.
Veja as mudanças:
Chamadas em grupo
Os primeiros indícios apareceram durante o lançamento do recurso de compartilhamento de localização em tempo real. As capturas publicadas pelo WhatsApp para demonstrar o recurso mostravam uma conversa em grupo com dois ícones que não existem nas versões atuais do app: o de chamada de voz e o de chamada de vídeo, recursos que são limitadas a conversas individuais.
O WABetaInfo encontrou primeiramente referências que confirmam o plano de realização de chamadas de voz em grupo, mas até o momento a chamada de vídeo em grupo era dúvida. Com a atualização da versão mais recente do WhatsApp, é muito provável que os grupos também suportarão chamadas em vídeo coletivas, aparentemente com limite de três pessoas por conversa.

Vídeos do YouTube na própria janela do WhatsApp
O recurso já começou a funcionar no iOS e está a caminho dos celulares Android e Windows. Com a função, é possível executar vídeos do YouTube sem sair da janela de conversa. No iOS, inclusive, é possível usar o recurso de Picture-in-picture para continuar assistindo ao vídeo mesmo minimizando o WhatsApp; o Android tem uma ferramenta similar que também poderia ser aproveitada.
Stickers do Facebook Messenger
Essa função vem direto do Messenger, o outro aplicativo de mensagens do Facebook. A empresa teve sucesso com os stickers em seu outro app, então o WhatsApp também deve receber o recurso, identificado ainda escondido e indisponível para os usuários. É questão de tempo para que ele seja habilitado.

Novo formato de gravação de áudio
Esse recurso já foi encontrado no iOS e está chegando ao Android e Windows em breve. Para mandar uma mensagem longa no WhatsApp, basta iniciar uma gravação normalmente tocando sobre o ícone de microfone. Em seguida, basta deslizar o dedo para cima em direção ao cadeado para travar a gravação do áudio. Por fim, toque no botão de enviar para mandar a gravação ou em “Cancelar” para descartar a mensagem.

Mais controle para administradores de grupos
Você, administrador de um grupo, já quis passar um recado para seus contatos e percebeu que a mensagem se perdia no meio da bagunça? Em breve será possível selecionar se o grupo está aberto para que todos enviem mensagens ou se apenas os administradores podem falar alguma coisa. Ao selecionar essa opção, quem não estiver cadastrado como admin não poderá enviar nada enquanto o grupo não for reaberto, permitindo que os gerentes deem seus comunicados com calma.


SOHO um lugar com alma de artista. Um polo de cultura e entretenimento com uma grande diversidade de ambientes internos e externos para você nem precisar sair para se divertir e respirar cultura e arte.  Saiba mais... 
ESCLAREÇA TODAS AS SUAS DÚVIDAS EM UM SÓ LUGAR. Consulte o GUIA DE COMPRA DE IMÓVEIS

Copom se reúne nesta quarta, e Selic deve cair para 7%, menor patamar desde 1986

Reunião do Comitê de Política Monetária do Banco Central será a última de 2017. Se confirmada nova queda da Selic, rendimento da poupança deverá recuar outra vez.


Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central se reunirá nesta quarta-feira (6) e a expectativa dos analistas do mercado financeiro é que a taxa básica de juros da economia será reduzida dos atuais 7,5% para 7% ao ano.


A reunião do Copom desta quarta é a última de 2017. A decisão sobre a Selic será anunciada pelo Banco Central após as 18h.
Se confirmada a previsão dos economistas, a Selic será reduzida pela décima vez consecutiva e atingirá o menor patamar desde 1986, quando começou a série histórica do Banco Central.
Até agora, a menor taxa de juros já registrada é a que vigorou entre outubro de 2012 e abril de 2013, em 7,25% ao ano.
Economistas do mercado financeiro, contudo, trabalham com séries históricas mais antigas que a do BC e, segundo estudo de Maurício Molan, do banco Santander, se confirmada a 7% ao ano, a taxa interbancária "overnight" (muito próxima à Selic) será a menor dos últimos 60 anos. 

A empresa faz da área um espaço único para morar, trabalhar e se divertir na Barra da Tijuca Centro Metropolitano

Nova queda em 2018 
A estimativa dos analistas é que a Selic deverá ter uma nova queda em fevereiro de 2018, quando o Copom se reunirá novamente.
A previsão do mercado é a de que a Selic será reduzida para 6,75% ao ano, permanecendo neste patamar até dezembro de 2018 - quando poderá subir para 7%, segundo estimativa dos analistas.

Como o BC define a Selic 
A definição da taxa de juros pelo BC tem como foco o cumprimento da meta de inflação, fixada todos os anos pelo Conselho Monetário Nacional (CMN).
Para 2017 e para 2018, a meta central de inflação é de 4,5%, com intervalo de tolerância de dois pontos percentuais, ou seja, o IPCA pode variar entre 3% e 6% nestes anos sem que a meta seja formalmente descumprida.
Normalmente, quando a inflação está alta, o BC eleva a Selic na expectativa de o encarecimento do crédito freiar o consumo e, com isso, a inflação cair. Essa medida, porém, afeta a economia e gera desemprego.
Quando as estimativas para a inflação estão em linha com as metas predeterminadas pelo CMN, o BC reduz os juros. É o que está acontecendo neste momento.
Após uma longa recessão, a economia dá sinais de reaquecimento, segundo analistas, mas os preços ainda seguem comportados por conta de boas safras agrícolas.
De janeiro a outubro, segundo o IBGE, a inflação oficial, medida pelo IPCA, ficou em 2,2%, o menor para este período desde 1998. 
Para 2017, o mercado financeiro prevê que a inflação ficará em 3,03%, abaixo da meta de 4,5% fixada pelo CMN para este ano. A meta central de inflação não é atingida no Brasil desde 2009.
Segundo o colunista do G1 e da GloboNews João Borges, aumentou a probabilidade de a inflação fechar 2017 abaixo de 3%, abaixo do piso da meta.

Imagine como seria ter 1 hora a mais no seu dia para fazer o que quiser. 

Union Home é um novo conceito de moradia, representando uma nova forma de viver que antes não existia.
Com arquitetura variada e espaços adequados para todo tipo de família, o Union Home é mais harmonia e menos stress para sua vida. É sua chance de morar junto a toda uma estrutura mais de 20 itens de lazer e mais de 40 lojas de  serviços e conveniências para a sua comodidade. Esta é uma escolha que pode render valiosos momentos de prazer com a sua família.
Nada como viver em um lugar onde o conforto, o lazer e o bem-estar fazem parte do seu estilo de vida. Saiba mais....
ESCLAREÇA TODAS AS SUAS DÚVIDAS EM UM SÓ LUGAR. Consulte o GUIA DE COMPRA DE IMÓVEIS

Você tem alguma dúvida? Pergunte aqui!

Nome

E-mail *

Mensagem *